Login to your account

Username *
Password *
Remember Me

Create an account

Fields marked with an asterisk (*) are required.
Name *
Username *
Password *
Verify password *
Email *
Verify email *
Captcha *
Reload Captcha

Kim Kataguiri de esquerda? É a era das estupidezes via WhatsApp

greve dos caminhoneiros nos revelou muito sobre os brasileiros. Por exemplo, como há uma dificuldade de ser coerente nas próprias opiniões – a maioria segue só os instintos mais primitivos e automáticos ao postar o que for no Twitter (debato esse fenômeno da neurociência no vídeo mais abaixo). E também ajudou a evidenciar não só o quanto o ser humano médio é estúpido e, sem a menor noção da própria ignorância – socráticos se reviram de revolta em seus túmulos –, não têm vergonha de expor a imbecilidade nas redes sociais e via WhatsApp. O que aconteceu no curso da humanidade que levou à proliferação de ignorantes não cientes dos próprios limites (eu, como seria um socrático, ao menos assumo o que não sei; nada manjo de futebol, por exemplo)?

Não culpe as próprias redes sociais, nem o WhatsApp. A explicação vem de nossos cérebros. Ou seja, é tudo reflexo do que é o ser humano em sua configuração ancestral. A moderna neurociência explica que agimos de duas formas: por instinto, no automático; ou no manual, raciocinando muito antes de tomar qualquer atitude. Na internet, a grande maioria parece não ter receio algum em optar pelo primitivismo.

Assim se proliferam ofensas sem conteúdo como “esquerdopata”, “petralha” e “coxinhas” para designar qualquer coisa que for contra as próprias convicções estomacais – isso porque os que recorrem a tais artifícios não sabem bem usufruir das habilidades de nosso cérebro moldado pela evolução. Esse povo específico da internet nada sabe sobre as origens francesas dos termos “direita” e “esquerda”. Também só finge entender quando se fala em liberalismo, neoliberalismo, socialismo e comunismo.

Quer prova disso? Diga a algum representante desse gênero extremista facebookiano algo como “sou neoliberal, mas estou à esquerda em relação a valores morais”. Testei isso com uns do tipo “povo estúpido do WhatsApp”. Aí o Tico e Teco deles não se entenderam. Não sabiam se eu era um esquerdopata ou um coxinha. Por quê? Pois eles na real jamais estudaram (nem deram um Google ou leram no Wikipedia, ao menos) acerca desses temas todos que versam no Twitter como sabichões.

Só que voltemos à dúvida central: por que é assim?

No passado essas asneiras só eram faladas na mesa de bar, entre amigos, ou em recantos escondidos, como na privacidade de nossos lares. Havia certa vergonha de ditar ignorâncias, pois no mundo real alguém pode se levantar do nada e dizer “Cara, sou especialista de fato nesse assunto e você tá falando besteira atrás de besteira”. Eu, por exemplo, jamais arriscaria uma análise sobre o último jogo da seleção. Não encararia, pois não tenho interesse e, por isso, não pesquisei sobre isso. Logo, não gostaria de falar besteira em meio a amigos experts no tema.

Avalie este item
(0 votos)

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Mais recentes

Nossos Contatos

Entre em contato conosco

WhatsApp - (000)-00000-0000

Celular - (000)-00000-0000

Fixo - (000)-0000-0000

Email - meuemailvaiaqui@email.com

ANUNCIE EM NOSSO SITE E APAREÇA DE VERDADE

TEMOS UM ESPAÇO ESPECIAL PARA SEU ANUNCIO

 

Imagens das Postagens

Caminhoneiro picuiense sofre grave acidente e morre próximo a Pedra Lavrada/PB

Homem é preso suspeito de integrar quadrilha de roubo de máquinas agrícolas

STF conceder liberdade a Lula seria ‘esculacho da Justiça’, diz Bolsonaro

Alckmin diz que apoio de Temer seria ‘honroso’

Google lança Android Go no Brasil, aposta para celulares baratos

Os carros voadores do fundador do Google

Kim Kataguiri de esquerda? É a era das estupidezes via WhatsApp

E3 2018: Microsoft e Bethesda

Edição genética pode aumentar o risco de câncer, alerta estudo

PORTAL DE NOTICIAS GALERA POLITICA © 2019 ERIHOST Monte sua rádio agora, Tim: (19) 98122-0247